expand/collapse risk warning

O trading de produtos financeiros com alavancagem apresenta um alto risco e não é adequada para todos os investidores. Entenda os CFDs e avalie sua tolerância ao risco.

Negociar produtos financeiros com margem envolve um alto grau de risco e não é indicado para todos os investidores. Certifique-se de compreender totalmente os riscos e de tomar o devido cuidado para gerenciá-los.

Your capital is at risk.

Trading Terms

O que é financiamento? Significado, exemplos


                O que é financiamento? Imagem de gráficos de monitoramento de investidores na tela

Você já deve ter ouvido falar do termo “financiamento”. É um conceito usado diariamente, mas nem todos entendem o que significa. Com o crescente acesso ao crédito e o crescimento da indústria financeira, é essencial compreender os fundamentos do financiamento.

Experimente a plataforma premiada da Skilling
Experimente qualquer uma das plataformas de negociação da Skilling no dispositivo de sua escolha na web, Android ou iOS.
Inscrever-se

Então, o que é financiamento?

Imagine isto: você tem uma ideia brilhante, um sonho de abrir um negócio ou comprar uma casa nova. Mas você precisa de dinheiro para transformar esse sonho em realidade. É aí que entra o financiamento. Refere-se ao processo de fornecimento de fundos ou capital para apoiar diversas atividades, como compra de ativos, abertura de um negócio ou financiamento de projetos. Envolve obter dinheiro de fontes externas, como bancos, investidores ou instituições financeiras, e reembolsar o valor emprestado ao longo do tempo com juros.

O financiamento pode assumir diferentes formas, incluindo empréstimos, linhas de crédito, leasing ou investimentos de capital. Desempenha um papel crucial na facilitação do crescimento económico, permitindo que indivíduos e organizações alcancem os seus objetivos financeiros e busquem oportunidades.

Tipos de financiamento

Existem vários tipos de financiamento disponíveis para pessoas físicas e jurídicas. Alguns tipos comuns incluem:

  1. Financiamento de dívida: envolve pedir dinheiro emprestado a um credor, como um banco ou instituição financeira, com o acordo de reembolsar o valor emprestado mais juros durante um período especificado. Os exemplos incluem empréstimos bancários, empréstimos pessoais e cartões de crédito.
  2. Financiamento de capital: Nessa modalidade, os recursos são captados com a venda de parte da propriedade da empresa a investidores. Esses investidores tornam-se acionistas e podem receber retorno do seu investimento através de dividendos ou valorização de capital. Os exemplos incluem capital de risco e investimentos em private equity.
  3. Crowdfunding: Este tipo de financiamento envolve a arrecadação de pequenas quantias de dinheiro de um grande número de indivíduos por meio de plataformas online. É comumente usado por startups ou projetos criativos para obter apoio e financiamento de um público mais amplo.
  4. Subsídios: Subsídios são fundos não reembolsáveis ​​fornecidos por agências governamentais, organizações ou fundações para apoiar projetos ou iniciativas específicas. Normalmente são concedidos com base em critérios de elegibilidade, como pesquisa, educação ou desenvolvimento comunitário.
  5. Financiamento de arrendamento: Em vez de comprar diretamente um ativo, o financiamento de arrendamento permite que indivíduos ou empresas usem um ativo por um período específico, pagando pagamentos regulares de arrendamento. Isso é comumente visto no leasing de equipamentos ou no leasing de veículos.
  6. Crédito comercial: O crédito comercial é uma forma de financiamento de curto prazo em que os fornecedores permitem que os compradores comprem bens ou serviços a crédito, geralmente com um período de pagamento especificado. Ele permite que as empresas gerenciem o fluxo de caixa e atendam às suas necessidades imediatas sem pagamento imediato.

Exemplo

Vejamos um exemplo de financiamento para uma pequena empresa chamada Sarah que deseja expandir sua padaria. Sarah sonha em abrir uma nova filial em um bairro movimentado, mas não tem os recursos necessários. Veja como o financiamento poderia ajudá-la:

  • Financiamento de dívida: Sarah vai a um banco e solicita um empréstimo comercial. Depois de avaliar seu plano de negócios, histórico de crédito e finanças, o banco aprova seu pedido de empréstimo. Sarah recebe uma quantia fixa do banco, que ela pode usar para alugar um novo espaço, comprar equipamentos de panificação e contratar pessoal adicional. Com o tempo, Sarah paga o empréstimo em parcelas regulares, incluindo juros.
  • Financiamento de capital: Sarah decide buscar financiamento de capital para financiar sua expansão. Ela prepara uma proposta e apresenta sua ideia de negócio a potenciais investidores, como capitalistas de risco. Impressionado com o conceito de padaria de Sarah, um investidor concorda em investir no seu negócio em troca de uma certa percentagem de propriedade. Essa injeção de capital permite que Sarah execute seus planos de expansão enquanto compartilha os riscos e recompensas com seu investidor.
  • Crowdfunding: Sarah explora opções alternativas de financiamento e cria uma campanha de crowdfunding para a expansão de sua padaria. Ela entra em contato com seus clientes fiéis, amigos e seguidores nas redes sociais, explicando seus planos de crescimento e os benefícios que eles podem esperar. As pessoas que concordam com sua visão contribuem com pequenas quantias de dinheiro, somando-se coletivamente aos fundos necessários. Em troca, Sarah oferece incentivos como descontos em padarias ou vantagens especiais para seus financiadores coletivos.

Estes são apenas alguns exemplos de como o financiamento pode funcionar na prática. O tipo específico de financiamento escolhido depende de fatores como a situação financeira de Sarah, a tolerância ao risco e a disponibilidade de diferentes fontes de financiamento. Em última análise, o financiamento permite que Sarah transforme o seu sonho de expansão da padaria em realidade, fornecendo o capital necessário para apoiar os seus planos de crescimento.

Quer saber mais sobre finanças e finanças? negociar coisas relacionadas? Visite nosso blog hoje.

Qual é o seu estilo de negociação?
Não importa o campo de jogo, conhecer seu estilo é o primeiro passo para o sucesso.
Faça o teste

Perguntas frequentes

1. Como escolho o tipo de financiamento adequado às minhas necessidades?

A escolha do financiamento depende de fatores como a finalidade dos fundos, a sua situação financeira, a tolerância ao risco e a capacidade de reembolso. Considere avaliar os termos, taxas de juros, cronogramas de reembolso e critérios de elegibilidade de cada opção para tomar uma decisão informada.

2. Como posso solicitar um empréstimo?

Para solicitar um empréstimo, normalmente você precisa reunir a documentação necessária (como identificação, demonstrações financeiras e planos de negócios), abordar um credor (banco, cooperativa de crédito ou credor on-line), preencher um formulário de inscrição e passar por uma verificação de crédito. É aconselhável comparar diferentes credores e seus termos antes de tomar uma decisão.

3. Qual é a diferença entre financiamento por dívida e capital próprio?

O financiamento de dívidas envolve o empréstimo de dinheiro que você deve pagar com juros ao longo do tempo, enquanto o financiamento de capital envolve a venda de ações de propriedade de seu negócio em troca de capital de investimento. O financiamento por dívida cria um passivo, enquanto o financiamento por capital envolve a partilha da propriedade e dos lucros potenciais com os investidores.

4. O que é crowdfunding e como funciona?

O crowdfunding é um método de angariação de fundos através da recolha de pequenas quantias de dinheiro de um grande número de pessoas, normalmente através de plataformas online. Empreendedores ou indivíduos criam campanhas, definem metas de financiamento e oferecem recompensas ou incentivos aos contribuidores. Se a meta de financiamento for atingida, os recursos geralmente são liberados para o criador.

5. Estão disponíveis subsídios para indivíduos e empresas?

Sim, os subsídios estão disponíveis para diversos fins, incluindo pesquisa, educação, desenvolvimento comunitário e iniciativas empresariais. Essas bolsas são normalmente oferecidas por agências governamentais, organizações sem fins lucrativos ou fundações, mas geralmente têm critérios de elegibilidade e processos de inscrição específicos.

O desempenho passado não garante nem prevê o desempenho futuro. Este artigo é oferecido para informação geral e não constitui conselho de investimento. Informamos que atualmente, Skilling oferece apenas CFDs.

Experimente a plataforma premiada da Skilling
Experimente qualquer uma das plataformas de negociação da Skilling no dispositivo de sua escolha na web, Android ou iOS.
Inscrever-se
Qual é o seu estilo de negociação?
Não importa o campo de jogo, conhecer seu estilo é o primeiro passo para o sucesso.
Faça o teste