expand/collapse risk warning

O trading de produtos financeiros com alavancagem apresenta um alto risco e não é adequada para todos os investidores. Entenda os CFDs e avalie sua tolerância ao risco.

Negociar produtos financeiros com margem envolve um alto grau de risco e não é indicado para todos os investidores. Certifique-se de compreender totalmente os riscos e de tomar o devido cuidado para gerenciá-los.

Your capital is at risk.

Termos de Negociação

O que é uma debênture e como funciona?

O que é uma debênture: Um banco iluminado à noite representa uma debênture

Uma debênture não é apenas mais um termo financeiro que você ouve de passagem. É uma ferramenta de investimento que constitui a espinha dorsal de muitas transações financeiras, grandes e pequenas. Então, o que é e como funciona?

O que é uma debênture e como funciona?

Essencialmente, uma debênture representa um empréstimo a uma empresa ou ao governo. Os investidores que compram uma debênture estão emprestando dinheiro à entidade que emite a debênture. O emissor, por sua vez, promete reembolsar o valor do empréstimo em uma data determinada e efetuar pagamentos periódicos de juros até que essa data chegue. Ao contrário de um empréstimo bancário, as debêntures não têm garantia. Isso significa que não há ativos ou garantias lastreando a debênture, apenas a plena fé e crédito do emissor.

Mas há uma diferença: as debêntures também podem ser garantidas. Este título normalmente vem na forma de um “encargo” sobre um determinado ativo da empresa, que garante o reembolso dos investidores se o mutuário entrar em incumprimento. É aqui que a coisa fica interessante: as debêntures geralmente concedem prioridade aos investidores sobre outros credores em caso de liquidação do emissor, garantindo um investimento relativamente mais seguro em comparação aos acionistas.

Então, como é que um pedaço de papel ou um registo digital significa um investimento em ação?

Os investidores podem adquirir as debêntures diretamente do emissor ou por meio do mercado secundário, após a emissão inicial. As debêntures podem vir em vários formatos, cada uma com seu conjunto de condições, como debêntures conversíveis que podem ser trocadas por capital.

A emissão de debêntures é uma forma indireta de as empresas levantarem capital. É uma emissão de dívida, mas com a diferença de poder definir os termos de reembolso e juros de acordo com as preferências do emitente e do investidor. Essa flexibilidade é o que torna as debêntures uma ferramenta crítica para finanças corporativas.

Exemplo de debênture

Consideremos uma empresa que deseja angariar fundos para um projecto significativo, mas não quer diluir a sua propriedade através da emissão de mais acções. Poderia optar pela emissão de debêntures. Digamos que eles emitam uma série de debêntures de 5 anos com taxa de juros anual de 5%. Os pagamentos são distribuídos semestralmente (semestralmente), o que significa que o debenturista receberia 2,5% semestralmente (5% dividido por 2).

Suponhamos que o valor nominal de cada debênture seja de $ 1.000. Como investidor, se você comprasse 10 dessas debêntures, receberia $ 25 (5% de $ 1.000, dividido por 2) a cada seis meses e o principal de $ 1.000 de volta no final do prazo de 5 anos.

Isso significa que, ao final do prazo, você ganhou $ 250 ($ 50 por ano X 5 anos) com o pagamento de juros mais seu investimento inicial de $ 1.000.

Prós e contras das debêntures

Como qualquer instrumento financeiro, as debêntures trazem consigo suas vantagens e desvantagens:

Prós Contras
Renda regular: As debêntures geralmente oferecem uma taxa de juros fixa periodicamente, criando potencialmente um fluxo constante de renda, o que é uma vantagem para investidores que buscam estabilidade. Risco de taxa de juros de mercado: Se as taxas de juros de mercado subirem, os juros fixos recebidos das debêntures podem ser menos valiosos, reduzindo seu preço de mercado.
Reivindicação de prioridade na liquidação: No caso de liquidação de uma empresa, os debenturistas geralmente têm prioridade sobre os acionistas no reembolso. Sem direito de voto: Ao contrário dos acionistas, os debenturistas não têm direito de voto dentro da empresa.
Diversificação: As debêntures podem oferecer uma maneira menos arriscada de diversificar sua carteira. Ao adicionar uma combinação de ações e debêntures, os investidores podem equilibrar risco e retorno.
Experimente a plataforma premiada da Skilling
Experimente qualquer uma das plataformas de negociação da Skilling no dispositivo de sua escolha na web, Android ou iOS.
Inscrever-se

Resumo

Para investidores individuais, é fundamental considerar cuidadosamente quando incluir debêntures em sua carteira. Isso envolve avaliar a tolerância pessoal ao risco, as metas de investimento e as condições de mercado. Por exemplo, durante mercados voláteis, a estabilidade oferecida pelo rendimento fixo de uma obrigação pode ser particularmente atractiva, compensando potenciais inconvenientes.

Mas para as empresas, as debêntures oferecem uma proposta intrigante. Startups que buscam escalar ou empresas estabelecidas que buscam financiar a expansão sem ceder capital podem considerar as debêntures ferramentas versáteis e estratégicas.

Perguntas frequentes

1. O que exatamente são debêntures?

Uma debênture é um instrumento de dívida emitido por uma empresa que reconhece um empréstimo do titular por prazo determinado e taxa de juros fixa.

2. Como as debêntures beneficiam os investidores?

As debêntures podem fornecer aos investidores um fluxo de renda sólido e previsível por meio de pagamentos regulares de juros.

3. Quais são os principais riscos associados às debêntures?

Como qualquer investimento, as debêntures apresentam seu próprio conjunto de riscos, principalmente o risco de mercado e o potencial de inadimplência da empresa emissora.

4. Como posso investir em debêntures?

Você pode investir em debêntures comprando-as diretamente do emissor, no mercado secundário ou por meio de fundos mútuos especializados em títulos e debêntures.

5. As debêntures são emitidas apenas por pessoas jurídicas?

Não, embora as empresas sejam emitentes comuns, os governos e as autoridades locais também utilizam debêntures para angariar fundos para diversas iniciativas.

6. Qual a diferença entre as debêntures e os títulos?

Os títulos são normalmente garantidos por ativos específicos, enquanto as debêntures podem não ser garantidas ou garantidas por um encargo flutuante que cobre uma série de ativos não onerados.

7. Pessoas físicas podem adquirir debêntures ou são apenas para investidores institucionais?

Muitas vezes, os indivíduos podem comprar debêntures diretamente do emissor ou por meio de mercados secundários com a ajuda de corretoras de investimento . No entanto, a acessibilidade das ofertas de debêntures pode variar dependendo das circunstâncias específicas.

Este artigo é oferecido para informação geral e não constitui conselho de investimento. Informamos que atualmente, Skilling oferece apenas CFDs.

Experimente a plataforma premiada da Skilling
Experimente qualquer uma das plataformas de negociação da Skilling no dispositivo de sua escolha na web, Android ou iOS.
Inscrever-se

Obrigado por considerar a Skilling!

Você está prestes a visitar: https://skilling.com/row/, que é operado pela Skilling (Seychelles) Ltd, sob a Autoridade de Serviços Financeiros Seychelles License No: SD042. Antes de abrir uma conta, leia a Termos e condições e contato Nossos Suporte ao cliente Para qualquer dúvida.

Obrigado por considerar a Skilling!

Você está prestes a visitar: https://skilling.com/row/, que é operado pela Skilling (Seychelles) Ltd, sob a Autoridade de Serviços Financeiros Seychelles License No: SD042. Antes de abrir uma conta, leia a Termos e condições e contato Nossos Suporte ao cliente Para qualquer dúvida.

Continuar