expand/collapse risk warning

O trading de produtos financeiros com alavancagem apresenta um alto risco e não é adequada para todos os investidores. Entenda os CFDs e avalie sua tolerância ao risco.

Negociar produtos financeiros com margem envolve um alto grau de risco e não é indicado para todos os investidores. Certifique-se de compreender totalmente os riscos e de tomar o devido cuidado para gerenciá-los.

Your capital is at risk.

Estratégias de trading

Value Investing


                Value investing: sala de negociação do mercado de ações com traders analisando dados do mercado

O value investing é a bússola financeira que tem guiado alguns dos investidores mais bem-sucedidos do mundo. Trata-se de descobrir ações e ativos subvalorizados no mercado, mas também é muito mais. Neste guia, revelaremos os segredos por trás do value investing e por que entendê-lo pode ser uma virada de jogo para o seu futuro financeiro.

Capitalize a volatilidade nos mercados de ações
Posicione-se sobre a movimentação dos preços das ações. Nunca perca uma oportunidade.
Inscrever-se

O que é value investing?

O value investing é uma estratégia de investimento que envolve a identificação e compra de ações ou ativos subvalorizados. Ele se concentra na compra de ações negociadas abaixo de seu valor intrínseco, com base em fatores como análise financeira, fundamentos de negócios e condições de mercado. O seu objectivo é encontrar oportunidades onde o mercado tenha subestimado o verdadeiro valor de uma empresa, com a expectativa de que o preço das acções acabe por subir para reflectir o seu valor real. Esta abordagem enfatiza o crescimento a longo prazo e procura minimizar o risco investindo em empresas sólidas e estáveis, com fundamentos sólidos. Mas você deve estar se perguntando, como analisar e encontrar tais ações?

Como analisar ações para value investing?

A análise de ações para value investing envolve análises qualitativas e quantitativas. A análise qualitativa avalia os aspectos qualitativos de uma empresa, como gestão, vantagem competitiva e tendências do setor. Por exemplo, avaliar a experiência da equipe de gestão ou pesquisar relatórios do setor para identificar oportunidades de crescimento. A análise quantitativa, por outro lado, envolve o exame de demonstrações financeiras, índices e desempenho histórico. Por exemplo, analisar o crescimento da receita ou calcular índices de avaliação como P/L ou P/B para determinar se uma ação está subvalorizada. Ao combinar estas abordagens, os investidores poderão obter uma compreensão abrangente do valor intrínseco de uma ação e, assim, tomar decisões de investimento mais bem informadas, com base em análises sólidas.

Valor intrínseco e value investing

O valor intrínseco está no cerne do value investing. Representa o verdadeiro valor de um ativo, muitas vezes obscurecido pelas flutuações do mercado. Os investidores em valor muitas vezes esforçam-se por descobrir este valor intrínseco, uma vez que constitui a base para decisões de investimento inteligentes. Ao analisar a saúde financeira de uma empresa, examinar os seus fundamentos e compará-los com o seu preço de mercado, os investidores poderão identificar ações subvalorizadas ou sobrevalorizadas. O objectivo é simples: comprar activos subvalorizados e mantê-los a longo prazo, permitindo que o seu valor intrínseco transpareça, obtendo assim retornos substanciais.

Estratégias de value investing

Duas abordagens comumente usadas no value investing são a análise de cima para baixo e a análise de baixo para cima.

  1. Análise de cima para baixo: A análise de cima para baixo envolve começar com uma perspectiva macroeconômica e depois restringir-se a ações individuais. Começa avaliando as condições econômicas gerais, as tendências do setor e as perspectivas do mercado. Os investidores então selecionam os setores que deverão ter um bom desempenho e encontram ações subvalorizadas nesses setores. Por exemplo, se um investidor reconhecer que a energia renovável é uma indústria em crescimento, poderá optar por investir em ações subvalorizadas no setor da energia solar. Esta abordagem enfatiza a importância de uma análise ampla do mercado na identificação de oportunidades de investimento.
  2. Análise de baixo para cima: A análise de baixo para cima concentra-se em empresas individuais, e não em fatores econômicos mais amplos. Os investidores avaliam as demonstrações financeiras de uma empresa, a posição competitiva, a equipe de gestão e o potencial de crescimento. Por exemplo, um investidor pode analisar o crescimento da receita, as margens de lucro e os níveis de endividamento de uma empresa para determinar seu valor. Ao pesquisar minuciosamente as ações individuais, os investidores pretendem identificar empresas subvalorizadas com fundamentos sólidos e perspectivas de crescimento. Esta abordagem enfatiza a importância da análise detalhada no nível da empresa.

Ambas as abordagens têm os seus méritos e podem ser utilizadas de forma independente ou em combinação. Embora a análise descendente forneça um contexto macroeconómico, a análise ascendente aprofunda os detalhes específicos de ações individuais. Os investidores em valor bem-sucedidos empregam frequentemente uma combinação destas estratégias para identificar oportunidades de investimento atrativas que se alinhem com a sua tese de investimento.

Qual é o seu estilo de negociação?
Não importa o campo de jogo, conhecer seu estilo é o primeiro passo para o sucesso.
Faça o teste

Negociação versus value investing

Negociação e value investing são duas abordagens de investimento distintas com objetivos, estratégias e horizontes de tempo diferentes:

A negociação normalmente envolve a compra e venda ativa de títulos no curto prazo para aproveitar as flutuações de preços. Os traders costumam usar análises técnicas, indicadores, gráficos e tendências de mercado para tomar decisões comerciais rápidas. Visam lucrar com os movimentos de mercado de curto prazo, independentemente do valor intrínseco da empresa. Por exemplo, um day trader pode comprar ações de uma empresa pela manhã e vendê-las no final do dia se houver um aumento no preço das ações. O foco está em capitalizar a volatilidade dos preços a curto prazo, em vez da valorização do valor a longo prazo.

O value investing, como aprendemos, concentra-se na identificação de ações subvalorizadas com fundamentos sólidos e na sua manutenção a longo prazo. Por exemplo, os investidores em valor podem investir numa empresa que acreditam ter finanças sólidas, uma equipa de gestão forte e potencial de crescimento futuro, mesmo que o mercado atualmente a subvalorize.

Embora a negociação ofereça potencial para ganhos rápidos, o value investing adota uma abordagem paciente e disciplinada, visando a valorização do capital a longo prazo com base no valor fundamental das empresas.

É importante que os investidores entendam sua tolerância ao risco, metas de investimento e comprometimento de tempo ao decidir entre negociação e value investing.

Desempenho passado não garante ou prevê desempenho futuro. Este artigo é oferecido apenas para fins de informação geral e não constitui conselho de investimento.

Capitalize a volatilidade nos mercados de ações
Posicione-se sobre a movimentação dos preços das ações. Nunca perca uma oportunidade.
Inscrever-se
Qual é o seu estilo de negociação?
Não importa o campo de jogo, conhecer seu estilo é o primeiro passo para o sucesso.
Faça o teste