expand/collapse risk warning

O trading de produtos financeiros com alavancagem apresenta um alto risco e não é adequada para todos os investidores. Entenda os CFDs e avalie sua tolerância ao risco.

Negociar produtos financeiros com margem envolve um alto grau de risco e não é indicado para todos os investidores. Certifique-se de compreender totalmente os riscos e de tomar o devido cuidado para gerenciá-los.

Your capital is at risk.

Estratégias de trading

Explicação dos ETFs de commodities: um guia para traders

ETF de commodities: representação de imagem com commodities em Wall Street.

Se você é um trader que busca diversificar seu portfólio, as commodities podem ser um ótimo complemento. Porém, comprar e vender commodities individuais pode ser caro e complicado. É aqui que entram os ETFs de commodities. Um ETF de commodities é um fundo de investimento que rastreia o preço de uma commodity subjacente. Neste artigo, vamos nos aprofundar em como eles funcionam e por que estão se tornando cada vez mais populares entre os traders.

Exemplos de ETFs de commodities?

  1. SPDR Gold Trust (GLD.US): Este é um fundo negociado em bolsa popular que oferece aos comerciantes exposição ao mercado de ouro. Investe em ouro físico, sendo uma forma única de investir no metal precioso. O fundo procura replicar o desempenho do mercado de ouro detendo barras de ouro ou numerário que utiliza para comprar barras de ouro quando necessário.
  2. US Oil Fund (USO.US): Este é outro commodity ETF popular que oferece aos traders exposição ao mercado de petróleo. Investe numa combinação de contratos de futuros e outros instrumentos relacionados com o petróleo para replicar o desempenho do preço do petróleo bruto. Como resultado, este ETF é adequado para traders que desejam investir no mercado de petróleo, mas não desejam investir em barris físicos de petróleo.
  3. iShares Silver Trust (SLV.US): É um dos ETFs de prata mais populares disponíveis para os traders. Investe em barras de prata físicas e tem como objetivo acompanhar o desempenho do cotação da prata. Desde a sua criação em 2006, o fundo cresceu e tornou-se um dos maiores ETFs de prata.
  4. Invesco DB Commodity (DBC): permite que os comerciantes obtenham exposição a uma ampla gama de commodities, incluindo energia, metais e agricultura. Procura replicar o desempenho do DBIQ Optimum Yield Diversified Commodity Index. O ETF mantém contratos futuros e outros derivados para ganhar exposição aos mercados de commodities.

Como funciona um commodity ETF?

Um commodity ETF é criado quando um gestor de fundos reúne dinheiro de investidores e compra commodities físicas, contratos futuros ou ações de empresas envolvidas na produção, mineração ou exploração de commodities. Em seguida, o ETF emite ações listadas em bolsa de valores e que podem ser negociadas como títulos normais. O valor patrimonial líquido (NAV) de uma ação de ETF depende do preço de mercado dos bens ou futuros subjacentes, menos as despesas do fundo. Sempre que você compra ou vende uma ação de ETF, o gestor do ETF pode ter que comprar ou vender commodities físicas, ou ajustar as posições futuros, para manter uma exposição ideal.

Por que eles são importantes para os comerciantes?

  • Diversificação: Um dos principais benefícios de investir em ETFs de commodities é a diversificação. A diversificação permite que os traders spread o seu investimento por vários ativos, reduzindo o risco de perdas devido às flutuações do mercado. Os ETFs de matérias-primas podem proporcionar aos traders exposição a matérias-primas que tenham uma baixa correlação com ações e bonds, tornando-os uma excelente adição a uma carteira bem diversificada.
  • Fácil acesso: Outro benefício é o fácil acesso aos mercados de commodities. Antes do desenvolvimento dos ETFs, investir em matérias-primas exigia uma quantidade significativa de tempo, esforço e recursos. Os comerciantes tiveram que abrir uma conta separada de commodities e gerenciar contratos futuros, o que tornou isso demorado. Com os ETFs de commodities, os traders podem simplesmente comprar ou vender ações na sua plataforma de negociação preferida, por exemplo, através de CFDs, tornando-se uma forma fácil e acessível de investir no mercado de commodities.
  • Hedging: Eles podem ser usados ​​como uma proteção contra a inflação. Muitos traders investem em ETFs de commodities para proteger suas carteiras de investimento contra pressões inflacionárias. As matérias-primas tendem a ter um bom desempenho em ambientes inflacionários, proporcionando aos traders uma proteção eficaz contra a subida dos preços. Além disso, os ETFs de commodities podem ser uma ótima maneira de diversificar carteiras e reduzir o risco geral.

Você gostaria de negociar ETFs de commodities, mas não tem certeza de qual é a maneira mais fácil? Visite Skilling e saiba como você pode começar a negociar CFDs (Contratos por Diferença) e por que eles são considerados a maneira mais fácil de negociar. Acesse mais de 1.200 instrumentos mundiais para negociar.

Por que perder o potencial do mercado de commodities?
Descubra as oportunidades inexploradas nos CFDs de commodities mais negociadas, como ouro, prata e petróleo.
Inscrever-se

Perguntas frequentes

1. O que é um Commodity ETF?

Um Commodity ETF, ou fundo negociado em bolsa, é um veículo de investimento que permite aos traders investir em commodities físicas, como produtos agrícolas, recursos naturais e metais preciosos. Esses ETFs procuram acompanhar os movimentos de preços de commodities ou índices de commodities específicos.

2. Posso negociar ETFs de commodities através de CFDs?

Sim, é possível negociar ETFs de commodities através de Contratos por Diferença (CFDs). Os CFDs são derivados financeiros que permitem aos traders especular sobre os movimentos de preços dos ETFs de mercadorias sem possuir os ativos subjacentes. A negociação de ETFs de commodities por meio de CFDs oferece aos traders flexibilidade, alavancagem e a capacidade de se beneficiar tanto do aumento quanto da queda dos preços.

3. Quais são os riscos associados aos ETFs de commodities?

Os ETFs de commodities apresentam certos riscos. Os preços das matérias-primas podem ser voláteis, influenciados por factores como a dinâmica da oferta e demanda, eventos geopolíticos e indicadores econômicos. Essa volatilidade pode impactar seu valor. Além disso, os ETFs de commodities podem estar sujeitos a erros de rastreamento, onde o desempenho do fundo se desvia do desempenho das commodities subjacentes devido a vários fatores, incluindo taxas e despesas.

O desempenho passado não garante nem prevê o desempenho futuro. Este artigo é oferecido para informação geral e não constitui conselho de investimento. Informamos que atualmente, Skilling oferece apenas CFDs.

Por que perder o potencial do mercado de commodities?
Descubra as oportunidades inexploradas nos CFDs de commodities mais negociadas, como ouro, prata e petróleo.
Inscrever-se